Depois de PSG e Liverpool, mais quatro clubes observam Talles Magno do Vasco

Jovem atacante vascaíno desperta atenção de times europeus e seu futuro em São Januário passa a ficar incerto para a sequência da temporada 2020

Jogador que gosta de esbanjar categoria, Talles Magno é um dos principais nomes do Vasco na atualidade. Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Belo Horizonte, 16/05/2020 – Portal Futebol Diário

A vida dos times brasileiros em grande parcela não está fácil com a pausa há dois meses do futebol devido à pandemia da Covid-19. Clubes como Flamengo, Palmeiras e Grêmio, os quais sobrevivem de forma mais confortável em relação a muitas agremiações brasileiras, sentem também um pouco a queda de receitas sem a disputa de partidas oficiais e esperam em breve voltarem a faturar para manter a saúde financeira respirando sem ajuda aparelhos. Já a realidade de instituições como Cruzeiro, Botafogo, Corinthians, Atlético-MG, Vasco, dentre outros clubes é ainda mais delicada comparadas às equipes de maior poder econômico atualmente no Brasil.

No caso do time cruz-maltino, clube brasileiro que mais lançou jovens jogadores em 2020, a necessidade pela arrecadação é sentida diariamente nos cofres de São Januário e a solução, assim como muitas instituições brasileiras quando a crise do novo Coronavírus possibilitar no país o funcionamento normal do futebol, por exemplo – será vender alguma joia que ainda não conquistou nem sequer um título pelo clube e não teve tempo também de mostrar todo o seu potencial ao time pelo qual foi revelado. Para amenizar e dar fôlego no seu caixa, o Vasco da Gama, por sua vez, pode negociar neste ano o jovem atacante Talles Magno. Aos 17 anos de idade, Talles Magno completará 18 anos no dia 26 de julho e, caso o Vasco queira negociá-lo com algum clube a sua transferência depois desta data, pela lei estará apto.

Interessados, tudo indica, não faltam ao futebol do garoto. Após Paris Saint-Germain e Liverpool observarem o atleta, foi a vez de quatro times também da Europa olharem com mais carinho a jovem promessa vascaína, sendo eles: Sevilla (Espanha), Bayer Leverkusen (Alemanha), Lazio (Itália) e Benfica (Portugal). Até então, entretanto, a diretoria do Vasco da Gama afirma que não recebeu nenhuma proposta oficial por Talles Magno e negociará o seu jogador caso o clube disposto em contar com o futebol do atleta pague a multa rescisória de R$ 200 milhões. Com contrato renovado em novembro do ano passado até 31 de dezembro de 2022, Talles Magno, cedo ou tarde, deve provocar um leilão entre esses clubes, algo que o time da colina também vem precisando devido à profunda crise financeira – nos últimos dias, o Vasco precisou demitir 50 funcionários visando uma economia anual e não está com as folhas salariais em dia perante seus jogadores.

A situação de Talles Magno é semelhante ao jovem Gabriel Verón, do Palmeiras, outro também com 17 anos de idade e que desperta olhares do futebol internacional. No caso do atacante palmeirense, três clubes ingleses têm vontade de contar com o jogador em um futuro próximo. São eles: Manchester City, Manchester United e Everton. Com Ramón Menezes no comando técnico e apesar de precisar bastante de dinheiro nos cofres neste instante, o Vasco e o próprio jogador também têm ao mesmo tempo o interesse de permanecer por mais anos no Rio de Janeiro em busca de alcançar conquistas nacionais, sul-americana e estadual ainda em 2020 para os torcedores vascaínos e instituição. Desde que estrou no profissional do Vasco da Gama sob as ordens de Vanderlei Luxemburgo, quando tinha 16 anos de idade, no dia 3 de junho de 2019, diante do rival Botafogo e pelo Campeonato Brasileiro, Talles Magno atuou 22 vezes até o momento pelo cruz-maltino, sendo 18 como titular e balançou as redes em 4 oportunidades. Na carreira, o seu primeiro e único título até então foi com a Seleção Brasileira Sub-17, campeã da Copa do Mundo em novembro de 2019, sobre o México, jogo que Talles Magno não atuou à época lesionado.