América ganha, segue invicto e torna-se o primeiro a classificar para as semifinais do Estadual

Coelho vence o seu quarto jogo como visitante no Estadual e retoma a liderança perdida por horas para o Tombense no último fim de semana; aproveitamento dos americanos no Mineiro é de 77,8%

Confronto em Patrocínio foi com os portões fechados para os torcedores. Foto: João Zebral/América

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Antes mesmo do fim da primeira fase do Campeonato Mineiro 2020 e a qual neste momento não tem previsão de término devido à pandemia do Coronavírus – uma vez que a Federação Mineira de Futebol (FMF) paralisou oficialmente o Estadual por causa do Covid-19 que vem deixando o mundo em alerta – o América realiza a sua melhor campanha na história recente do Campeonato Mineiro. No último domingo e depois de empatar em BH na rodada anterior contra o Boa Esporte, o Coelho voltou a vencer e segue como o único time em Minas Gerais invicto em 2020 tanto no torneio estadual quanto reunindo demais jogos da atual temporada. Em Patrocínio, o América superou o Patrocinense pelo placar de 1 a 0 e chegou aos 21 pontos na liderança da competição. De quebra, a equipe comandada pelo técnico Lisca garantiu a classificação antecipada às semifinais do Campeonato Mineiro restando ainda duas rodadas para o desfecho e passa a ser o primeiro time confirmado no mata-mata do certame.

Na última vez que o América conquistou o Campeonato Mineiro, em 2016, o time à época treinado por Givanildo Oliveira terminou a primeira fase em quarto lugar e superou os rivais Cruzeiro e Atlético na semifinal e final, respectivamente. Já em 2001, ano da penúltima conquista americana do Estadual em MG, o Coelho finalizou a primeira fase na quinta posição e, na segunda fase, conseguiu terminar em primeiro lugar na tabela superando posteriormente o Atlético, na final. Curiosidades à parte e ainda sem contar com Matheusinho, que recupera-se de uma lesão, o América teve em sua equipe titular contra o Patrocinense três mudanças em relação aos jogos anteriores. Na lateral direita, Rickson atuou improvisado no lugar de Diego Ferreira. Já no meio de campo, Zé Ricardo, suspenso, foi substituído por Flavio, enquanto Ademir e devido à escolha técnica, saiu para a entrada de Léo Passos. Dessas escolhas de Lisca, uma acabou sendo crucial para mais uma vitória do América no Campeonato Mineiro 2020.

Aos 19 minutos do primeiro tempo, a zaga do Patrocinense cochilou e Léo Passos, bastante ligado e aproveitando a oportunidade em campo, fez valer a vontade de sobra em ajudar o Coelho. Foi quando o camisa 10 americano na partida tomou a bola do seu adversário e partiu em velocidade em direção ao gol oponente – com frieza e categoria, Léo Passos ficou frente a frente diante do goleiro e finalizou rasteiro, de pé direito, no fundo da rede. Depois de inaugurar o marcador, o time americano, que também teve no gramado as presenças do seus atacantes artilheiros, Rodolfo e Felipe Augusto, assegurou o placar e pouco atacou os anfitriões, principalmente na segunda etapa quando o ritmo do jogo caiu substancialmente. Além de novos três pontos, o América chegou ao número total de 6 vitórias no Campeonato Mineiro, sendo 4 como visitante e outros 3 empates.

Reunindo os jogos de toda a temporada 2020 com a Copa do Brasil em curso, são 7 triunfos, 5 empates, 18 gols marcados e apenas 7 sofridos. A próxima partida do Coelho seria contra a Ferroviária-SP, na quinta-feira, às 19h15, no Independência, em Belo Horizonte, pelo duelo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O jogo, entretanto, foi adiado com a paralisação geral da CBF em suas competições por causa do Coronavírus e a partida diante dos paulistas, no Independência, ainda não tem uma nova data definida. No primeiro encontro, na última quarta-feira, empate sem gols em Araraquara. Pelo Campeonato Mineiro, o próximo compromisso do América e sem uma nova data concreta é o clássico contra o Atlético, também na Arena Independência, antes agendado para o próximo domingo, às 16h, e com o mando de campo americano.