Depois de sair de maneira conturbada do Cruzeiro, Éderson chega em busca de espaço no Corinthians

Com longo vínculo contratual assinado, novo volante corintiano promete aumentar a disputa por titularidade no meio de campo do técnico Tiago Nunes

Éderson vai começar a treinar em breve com o seus novos companheiros no CT Joaquim Grava. Foto: Daniel Augusto Jr./Corinthians

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Uma das revelações do Cruzeiro no segundo semestre de 2019 já veste a camisa do Corinthians e assinou, nesta sexta-feira, o seu contrato para jogar no time paulista até 2025. Aos 20 anos de idade, Éderson chega ao Corinthians depois de ter deixado a Raposa neste ano de maneira conturbada após desacerto salarial, falta de pagamentos do clube celeste e pedido na Justiça do jogador de rescisão de contrato. Mesmo com pouco tempo no futebol profissional e com um rebaixamento do Campeonato Brasileiro em início de carreira, Éderson despertou interesse do Corinthians e se coloca à disposição do técnico Tiago Nunes para disputar uma posição de titular no meio de campo visando ajudar o seu novo time na sequência dos campeonatos na atual temporada.

Com características defensivas e também ofensivas como meio-campista, Éderson poderá atuar pelo Corinthians tanto como segundo volante quanto como terceiro volante. Isto porque, o jogador possui força física, velocidade e finalização em caso de ser escalado mais próximo dos meias e atacantes corintianos em uma eventual preferência de Tiago Nunes. Foi assim atuando pelo Cruzeiro, quando o jogador teve boas apresentações e, em uma delas, acabou sendo marcante na carreira do próprio atleta. No dia 19 de outubro, pelo returno do Brasileirão do ano passado, Éderson fez o gol da vitória da Raposa sobre o Corinthians, aos 26 minutos da etapa complementar, em Itaquera. Na ocasião e esperto no setor ofensivo, ele aproveitou passe errado do adversário, arrancou com a bola até a grande aérea e driblou Cássio para dar o triunfo de 2 a 1 para a equipe celeste.

Esse foi o primeiro gol da carreira de Éderson, o qual marcou um total de dois tentos em 27 jogos pelo Cruzeiro, sendo 22 partidas como titular entre as temporadas 2018 e 2019. Mas foi atuando em seu lugar de origem que Éderson ganhou projeção na Raposa, sobretudo, depois das saídas dos volantes Lucas Silva e Lucas Romero no ano passado da Toca II, além da pouca sequência de boas partidas do volante argentino Ariel Cabral. No Corinthians, Éderson não terá missão simples e vai encontrar como concorrentes diretos na posição de volante os jogadores Cantillo, Camacho, Ramiro e Richard. A estreia de Éderson pelo Corinthians ainda não está inicialmente prevista pelo fato de o jogador ter participado de poucos treinamentos físicos e táticos durante a pré-temporada do Cruzeiro, em janeiro passado, mas também não deve demorar.