Técnico campeão das Olimpíadas pelo Brasil e ex-Atlético é contratado para time sub-20 do Cruzeiro

Rogério Micale vai comandar os garotos da Raposa com o desafio de ajudar na revelação de novos jogadores para a equipe profissional

Diretor das categorias de base, Ricardo Drubscky (E) apresenta Rogério Micale (D).
Foto: Cruzeiro

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Com inúmeros garotos formados nas categorias de base atuando atualmente no time profissional sob a batuta de Adílson Batista, o Cruzeiro busca também uma reformulação na comissão técnica do time sub-20 na tentativa de revelar novos atletas no processo de reconstrução do clube neste ano. Nesta terça-feira, o Cruzeiro anunciou oficialmente a contratação do técnico Rogério Micale, de 50 anos de idade e natural de Salvador-BA, conhecido por ter sido o único técnico até então campeão das Olimpíadas pela Seleção Brasileira de futebol, em 2016, no Rio de Janeiro, que tinha Neymar na equipe. Porém, Micale chega à Raposa conhecido também após passagem pelo arquirrival do Cruzeiro, o Atlético, pelo time profissional do Galo em 2017.

A chegada de Rogério Micale à Raposa acontece para o treinador ocupar também a vaga que pertencia antes a Ricardo Resende, o qual deixou o clube no mês passado depois de dirigir em uma oportunidade o time profissional cruzeirense, em partida diante do Avaí, pelo Campeonato Brasileiro, além de ter comandado o time sub-20 celeste desde o início de 2018. Apesar de uma credencial importante na carreira com feito inédito pela Seleção, Micale não vem de bons trabalhos após a Medalha de Ouro pelo Brasil. No Atlético, por exemplo, o treinador comandou a equipe alvinegra em 12 jogos e seu balanço foi negativo, com 4 vitórias, 3 empates e 5 derrotas, durando apenas dois meses na área técnica atleticana.

Depois de insucesso no Galo, Rogério Micale comandou Paraná Clube e Figueirense, mas também não adquiriu bons resultados no geral e sua vinda ao Cruzeiro servirá também para o treinador particularmente recomeçar nas categorias de base, onde teve mais sucesso na carreira. Além da Seleção Brasileira Sub-23, onde Rogério Micale teve 70.18% de aproveitamento, Micale também comandou a Seleção Brasileira Sub-20, entre 2015 e 2016; o Atlético, entre 2011 e 2015; além de clubes pelas categorias de base como Figueirense, Londrina, Portuguesa Londrinense, Marcílio Dias, ADAP Campo Mourão e ADAP Jacarezinho. O contrato de Rogério Micale com o Cruzeiro e os valores da negociação ainda não foram informados.