Times brasileiros são obrigados a vencer para conseguirem avançar de fase na Pré-Libertadores

Corinthians e Internacional não conseguiram resultados esperados nos jogos de ida pela segunda fase e somente o triunfo interessa a eles no Brasil

Jogadores do Guaraní celebram triunfo sobre o Corinthians no Paraguai. Foto: Guaraní

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Os dois times brasileiros que buscam classificar para a fase de grupos da Libertadores de 2020 não iniciaram positivamente a fase prévia da competição. Na última terça-feira, o Internacional até buscou o triunfo diante do Universidad de Chile, em Santiago, mas acabou empatando sem gols. Por outro lado, o Corinthians perdeu na última quarta-feira para o Guaraní, no Paraguai, pelo placar de 1 a 0, e sua situação é ainda mais complicada teoricamente em relação ao Inter. As partidas de volta de Internacional e Corinthians para irem em busca de suas respectivas classificações à terceira fase vão ocorrer na próxima terça e quarta-feira, respectivamente. Na terça-feira, o Inter vai receber o Universidad de Chile, às 19h15, no Beira-Rio, enquanto um dia depois o Corinthians joga com o Guaraní, às 21h30, em Itaquera.

Em Assunção, o time do técnico Tiago Nunes viu logo de cara que a missão não seria simples perante o Guaraní. Uma bola na trave na meta de Cássio nos primeiros minutos assustou os corintianos, que não conseguiram segurar aos sete minutos da etapa inicial a ‘blitz’ anfitriã. Jorge Morel, com a ponta da chuteira e de perna esquerda, fez o único gol da partida que definiu a vitória dos donos da casa. O Corinthians até finalizou posteriormente em mais oportunidades que o Guaraní e também acertou à trave com Mauro Boselli no segundo tempo, mas vai precisar vencer por pelo menos 2 a 0, na Arena Corinthians, para classificar diretamente à próxima fase. O Guaraní, por sua vez, necessita somente de um empate que avançará, enquanto um placar de 1 a 0 a favor dos brasileiros levará a decisão para os pênaltis. Quem classificar entre Corinthians e Guaraní enfrentará Cerro Largo ou Palestino. Caso avance na segunda e terceira fase, o Corinthians irá para o Grupo B, com Palmeiras, Bolívar e Tigre.

Já a tarefa da equipe comandada pelo técnico argentino, Eduardo Coudet, também promete ser complicada por estar ainda tudo em aberto. No caso do Internacional, o Colorado só classifica vencendo a partida de qualquer maneira e por qualquer placar. Um empate com gols, devido ao critério de desempate, elimina o Inter. Outro resultado igual em relação ao duelo de ida forçará às duas equipes a uma disputa nas penalidades máximas. Nesta chave, o classificado entre Internacional e Universidad de Chile encarará Tolima ou Macará. Caso consiga conquistar a classificação tanto na segunda quanto na terceira fase, o Inter irá para o Grupo E da Libertadores que conta com Grêmio, América de Cali e Universidad Católica. Além dos clubes brasileiros como Palmeiras e Grêmio, estão figurados na fase de grupos da Libertadores Flamengo (Grupo A), Athletico-PR (Grupo C), São Paulo (Grupo D) e Santos (Grupo G).

Sul-Americana e Copa do Brasil

Nas Copas Sul-Americana e do Brasil, a temporada 2020 também já começou para valer com vagas envolvendo equipes brasileiras e classificações de alguns times. Na Sul-Americana, o Vasco da Gama venceu na última quarta-feira o Oriente Petrolero, pelo placar de 1 a 0, em São Januário, e precisará no dia 19 deste mês de apenas um empate para avançar à segunda fase do torneio. Também no Rio de Janeiro, o Fluminense estreou na Sul-Americana pela partida de ida diante do Unión La Calera, no Maracanã, mas ficou no empate em 1 a 1. Agora, no dia 18 de fevereiro, o Tricolor Carioca necessitará mais que tudo da vitória para avançar no certame. Além de Vasco e Flu, estão presentes na Sul-Americana Atlético-MG, Goiás e Bahia – esse último, que foi eliminado na última quarta-feira da Copa do Brasil ao perder para o River-PI, por 1 a 0, em Teresina. Em contrapartida, clubes como Botafogo e América-MG classificaram à próxima fase da Copa do Brasil depois de eliminarem com empates em 1 a 1, Caxias e Santos-AP, respectivamente.