Mineirão vai receber último jogo do Brasil em casa pelas Eliminatórias da Copa do Mundo

Belo Horizonte pode ser a cidade responsável por carimbar a participação da Seleção Brasileira para a Copa do Catar; clássico entre Brasil e Argentina vai ocorrer em São Paulo

Em 24 jogos no Mineirão da Seleção Brasileira, são 17 vitórias, 5 empates e 3 derrotas.
Foto: Portal Futebol Diário

Belo Horizonte, 31/01/2020 – Portal Futebol Diário

O itinerário da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, está definido. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou oficialmente todo o trajeto que os jogadores canarinhos e o técnico Tite vão precisar percorrer em busca de colocar o Brasil em sua 22ª participação em Copas do Mundo na história. Diferentemente dos anos anteriores, o clássico entre Brasil e Argentina não vai ocorrer desta vez no Mineirão, em Belo Horizonte. Neste ano, o duelo de brasileiros contra ‘hermanos’ será na Arena Corinthians, em São Paulo, no dia 13 de outubro, sendo esta apenas a quarta vez do Brasil no estádio. BH, por sua vez, vai ser palco da Seleção Brasileira somente em 2021, quando o Mineirão receberá a partida entre Brasil e Chile, no dia 11 de novembro, no último jogo da Seleção em casa nas Eliminatórias. Na última oportunidade que a Seleção Brasileira atuou no Gigante da Pampulha aconteceu justamente diante da Argentina, em julho do ano passado, pelas semifinais da Copa América e o Braisl levou a melhor eliminando os argentinos, com Messi e companhia, pelo placar de 2 a 0 – Gabriel Jesus e Roberto Firmino fizeram os gols.

Já a estreia do Brasil nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, no Catar, vai ocorrer em Recife, no próximo dia 23 de março, contra a Bolívia, na Arena Pernambuco. Depois, a Seleção vai percorrer jogando pelo Brasil, além das partidas diante de Argentina e Chile, mencionadas anteriormente, contra Venezuela, no dia 3 ou 4 de setembro de 2020, no Mané Garrincha, em Brasília; Equador, no dia 12 ou 13 de novembro de 2020, em Salvador, na Arena Fonte Nova; Peru, no dia 30 de março de 2021, em Porto Alegre, no Beira-Rio; Uruguai, no dia 8 de junho de 2021, no Rio de Janeiro, no Maracanã; Colômbia, no dia 2 de setembro, em São Paulo, no Morumbi; e Paraguai, no dia 12 de outubro, em Manaus, na Arena Amazônia.

Em 2020, além do começo das Eliminatórias Sul-Americanas com oito partidas no total a disputar – Peru, Uruguai, Colômbia e Paraguai também fora de casa – a Seleção Brasileira vai jogar a Copa América, entre 12 de junho a 12 de julho, na Argentina e Colômbia, na defesa do título pela principal Copa de seleções da América do Sul. No ano passado, o Brasil conquistou a competição atuando em casa vencendo o Peru, pelo placar de 3 a 1, na final, no Maracanã. Na última vez que entrou em campo, a Seleção Brasileira saiu vencedora em amistoso disputado no dia 19 de novembro de 2019, diante da Coreia do Sul, por 3 a 0, nos Emirados Árabes, resultado que amenizou a pressão ainda grande ao técnico Tite que vinha de derrotas e empates após o título da Copa América.