Atlético investe e acerta mais uma contratação para o plantel da atual temporada

Novo lateral esquerdo chega ao Galo para reforçar equipe e vai disputar posição de titular com antigo e experiente companheiro

Guilherme Arana mostra-se motivado com a camisa atleticana. Foto: Reprodução/Atético

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Rejuvenescimento. Palavra que deixa clara a intenção do Atlético para 2020 na montagem do seu elenco em busca de contar com uma equipe mais jovem nesta temporada na tentativa de voltar a conquistar títulos, que não vêm desde 2017. Nesta quarta-feira, o Galo anunciou oficialmente mais uma contratação para reforçar o seu plantel e trata-se de um lateral esquerdo, setor pelo qual já passaram nomes como Cincunegui, Oldair, Jorge Valença, Paulo Roberto Prestes, Júnior César, Douglas Santos e atualmente conta com Fábio Santos. Em uma negociação por empréstimo, Guilherme Arana é o quinto reforço do Atlético para esta temporada e assinou contrato até 30 de junho de 2021 com o Galo. Aos 22 anos de idade, Guilherme Arana foi revelado pelo Corinthians e pertencia ao Sevilla, da Espanha. O jogador, contudo, estava emprestado pelo time espanhol à Atalanta, da Itália, mas está de volta ao Brasil para buscar também recuperar o seu futebol dos tempos de Corinthians, onde foi bicampeão do Campeonato Brasileiro, em 2015 e 2017, e campeão do Campeonato Paulista.

Guilherme Arana vai ser apresentado de forma oficial pelo Atlético nesta quinta-feira, às 16h, na Cidade do Galo, em Vespasiano. Ele desembarcou em Belo Horizonte na última terça-feira – mesmo debaixo de um dilúvio que atinge à capital mineira e todo o Estado de Minas Gerais há algumas semanas – e chega ao Atlético para disputar diretamente posição de titular na lateral esquerda com o experiente e velho conhecido do próprio jogador, Fábio Santos. Isso porque, os dois atletas já atuaram juntos no Corinthians e vão duelar novamente e de maneira sadia, pela condição de titularidade na equipe do técnico venezuelano, Rafael Dudamel. Nos últimos anos, o Galo vem passando dificuldades nesse setor e o problema tornou-se crônico, tanto pela necessidade de uma regularidade maior de Fábio Santos, que está no clube desde 2016, quanto pela falta imediata e à altura de um reserva na ausência do camisa 6 alvinegro.

Em 2019, por exemplo, o lateral direito Patric precisou ser diversas vezes improvisado na lateral esquerda quando Fábio Santos esteve ausente. No mês de julho do ano passado e vivendo esse cenário, o Atlético foi ao mercado em busca de um lateral esquerdo e contratou na ocasião o uruguaio Lucas Hernández, à época jogador do Peñarol. Entretanto, o atleta não conseguiu adaptar-se desde então e pouco teve oportunidades com apenas 5 partidas realizadas, nenhum gol marcado e não convenceu. Outro lateral esquerdo que fez parte do elenco atleticano nos últimos anos era o jovem Hulk, revelado nas categorias de base do clube, mas o qual foi emprestado ao Paraná Clube recentemente.

Com isso, Guilherme Arana promete aumentar o nível de disputa pela lateral esquerda titular do Atlético que não vem acontecendo há muito tempo, diante também do cobrador oficial de pênaltis do time alvinegro, o próprio Fábio Santos, que contabiliza um total de 20 gols pelo Galo, sendo 17 em penalidades máximas. Na Europa, Arana atuou em somente 25 oportunidades pelo Sevilla e marcou dois gols. Já pela Atalanta, o jogador fez somente 2 jogos oficiais e não balançou às redes. No futebol brasileiro, além do Corinthians e por onde teve uma passagem em destaque com 89 partidas e 4 gols marcados, Guilherme Arana atuou também emprestado ao Athletico Paranaense, em 2015, mas jogou só 3 partidas no total. A contratação de Guilherme Arana é mais uma jovem da diretoria atleticana para esta temporada, que já trouxe o lateral direito Maílton (21 anos), e os meio-campistas Allan (22 anos), Dylan Borrero (18 anos) e Hyoran (26 anos). Fábio Santos, que agora ganha Arana como grande concorrente pelo flanco esquerdo, tem atualmente 34 anos.