Barcelona anuncia novo treinador após demissão do contestado Ernesto Valverde

Eliminação nas semifinais da Supercopa da Espanha aliada a um rendimento nada convincente em campo nas últimas temporadas foram a conta para saída de Valverde; Setién assume

Diretoria do Barça não suportou pressão e demitiu Valverde. Foto: FC Barcelona

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

O futebol distante do acostumado pelos torcedores do Barcelona nos últimos anos, desde quando o espanhol Ernesto Valverde assumiu o cargo de técnico do Barça, no segundo semestre de 2017, culminou nesta segunda-feira, 13 de janeiro de 2020, na demissão do treinador depois de mais uma derrota recente do time catalão que valia taça. Na última quinta-feira, o Barça foi eliminado pelo Atlético de Madrid pelas semifinais da Supercopa da Espanha, por 3 a 2, na Arábia Saudita, e viu ainda o arquirrival, Real Madrid, conquistar o torneio e aumentar a sua galeria de títulos na história. Com esse cenário, a pressão a Valverde, a qual já era muito grande desde o ano passado, aumentou substancialmente e o Barcelona anunciou, de forma oficial, o seu novo técnico também nesta segunda-feira logo após a rescisão contratual de Ernesto Valverde. Trata-se de Quique Setién, ex-treinador do Real Betis.

Aos 61 anos e natural da cidade de Santander, Quique Setién estava sem clube desde quando foi demitido pelo Betis, em maio de 2019, curiosamente depois de uma vitória sobre o Real Madrid. Pelo time andaluz, o treinador teve uma passagem positiva e levou sua ex-equipe de volta à uma competição europeia, quando classificou o Betis à Liga Europa. O estilo de jogo do Betis com Quique Setién no banco de reservas, deu ênfase na ocasião ao trabalho do treinador que concedeu ao time bético uma identidade dentro de campo com posse de bola, equilíbrio, movimentação, deslocamento, profundidade e contundência. Tal prática fez o próprio Setién conseguir até vencer o Barcelona, comandado por Valverde, em uma grande partida pelo Campeonato Espanhol, em 11 de novembro de 2018, pelo placar de 4 a 3, em pleno Camp Nou. Vitória que chamou a atenção naquele momento ao trabalho de Setién e o destino agora do experiente técnico é a Catalunha. Além de Betis, Quique Setién treinou também Racing Santander, Poli Ejido, Guiné Equatorial, Logroñés, Lugo e Las Palmas.

A chegada de Quique Setién a Ciutat Deportiva Joan Gamper acontece em meio a uma crise futebolística, mas também financeira e política do Barça – que tem as obras do novo Camp Nou atrasadas e sem uma previsão concreta de término a qual estava marcada para 2022, algo que não deve mais ocorrer. Além disso, o Barça passa a ter que tentar contratar um novo atacante devido a lesão de Luis Suárez, mas Josep Maria Bartomeu, presidente do clube, não deve encontrar tarefa fácil no mercado. Mesmo líder do Campeonato Espanhol ao lado do Real Madrid, com 40 pontos, e classificado às oitavas de final da Champions League para encarar o Napoli, em partidas de ida e volta nos dias 25 de fevereiro e 18 de março, Setién tem o desafio de recuperar a antiga maneira de jogar do Barça e buscar obter os resultados com títulos no fim desta temporada. A assinatura do contrato de Setién com o Barça vai ser nesta terça-feira, no Palco Presidente Suñol, assim como a apresentação oficial do técnico, esta que ocorrerá posteriormente no Auditório 1899, no Camp Nou.

Apesar de bastante criticado majoritariamente pela torcida do Barça em todo o mundo, Ernesto Valverde, de 55 anos, deixa o Barcelona com um total de quatro títulos conquistados em quase três temporadas completas, além de 145 partidas no comando. Em sua primeira temporada como culé, Valverde venceu o Campeonato Espanhol e a Copa do Rei. Já na segunda temporada em Can Barça, Ernesto Valverde foi o técnico do Barcelona campeão da Supercopa da Espanha e novamente da La Liga. Porém, as eliminações vexatórias do Barça na Liga dos Campeões da Europa com Valverde sob o comando técnico do clube, pesaram para o desfecho final do treinador ser em uma demissão. Em 2018, o Barça caiu nas quartas de final da Champions League depois de perder para a Roma, por 3 a 0, quando havia ganhado a primeira partida pelo placar de 4 a 1. Já em 2019, o Barcelona foi eliminado pelo Liverpool na semifinal após ser goleado por 4 a 0, depois de ter vencido o duelo de ida por 3 a 0.