Conmebol divulga calendário das Eliminatórias da Copa do Mundo; Brasil estreia em casa

Seleção Brasileira volta a campo em março de 2020 para a primeira partida valendo vaga no Mundial do Catar; clássico contra Argentina não deve ser em BH

Tite e Neymar são os principais personagens da atual Seleção. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Marco Túlio Souto

O itinerário para buscar chegar a mais uma Copa do Mundo na história está traçado à Seleção Brasileira desde agora. Nesta terça-feira, em Luque, no Paraguai, a Conmebol divulgou oficialmente o calendário das Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial do Catar, que será disputado entre novembro a dezembro de 2022. O início das Eliminatórias está marcado para março de 2020 e o Brasil tem estreia agendada em casa contra a Bolívia, em local e horário a serem definidos em breve. Pela primeira rodada, além da partida da Seleção Brasileira, também vão se enfrentar Uruguai e Chile, Colômbia e Venezuela, Paraguai e Peru, e Argentina contra Equador. Ainda no mesmo mês e pela segunda rodada, o Brasil vai enfrentar o Peru, em Lima.

As Eliminatórias para a próxima Copa do Mundo irão até novembro de 2021 e serão disputadas 18 rodadas no total, sendo oito jogos no ano que vem e dez partidas em 2021. Um dos jogos mais atrativos e importantes da competição são sempre os clássicos entre Brasil e Argentina. O primeiro deles vai ser disputado já pela sexta rodada das Eliminatórias, no mês de outubro de 2020 e no Brasil, em estádio ainda a ser definido pela CBF. Mas é praticamente certo que o duelo será realizado no Nordeste do país devido à partida antes contra a Colômbia, fora de casa, visando maior tempo de recuperação aos atletas brasileiros. Desta forma, o clássico não vai ser disputado no Mineirão, em Belo Horizonte, como vinha acontecendo nos últimos anos e o estádio será também definido em breve. O clássico entre brasileiros e argentinos, na Argentina, por sua vez, ocorrerá em setembro de 2021, pela 14ª rodada das Eliminatórias, provavelmente em Buenos Aires.

Além dos clássicos contra a Argentina de Lionel Messi, a Seleção Brasileira sabe adversário por adversário que vai encarar a partir do ano que vem e depois no ano seguinte. Após duelar com Bolívia (casa) e Peru (fora), o Brasil enfrentará Venezuela (casa), em setembro; Uruguai (fora), em setembro; Colômbia (fora), em outubro; Equador (casa), em novembro; e Paraguai (fora), em novembro. Já em 2021, o Brasil começará as Eliminatórias contra o Chile (fora), em março; Peru (casa), também em março; Venezuela (fora), em junho; Uruguai (casa), em junho; Colômbia (casa), em setembro; Equador (fora), em outubro; Paraguai (casa), em outubro; Chile (casa), em novembro; e Bolívia (fora), em novembro, pela última rodada. As quatro primeiras seleções melhores classificadas vão de forma direta à Copa do Mundo, enquanto a quinta colocado disputará a repescagem.

Confira abaixo o calendário completo divulgado pela Conmebol:

Créditos: Conmebol