Cruzeiro e América decidem taça pelo Campeonato Mineiro Feminino

Raposa e Coelho chegam a decisão do Estadual após superarem Ipatinga e Atlético, respectivamente, nas semifinais e dão expectativa de duelo especial na história da competição

Este vai ser apenas o segundo confronto entre cruzeirenses e americanas na história.
Foto: Mourão Panda / AFC

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Marco Túlio Souto

Enquanto no futebol masculino Cruzeiro e América vêm decepcionando os seus torcedores, com a Raposa lutando para não cair para a Série B pela primeira vez na história e o Coelho tendo deixado uma preciosa vaga à primeira divisão escapar com uma dolorosa derrota na última rodada para um time já rebaixado, no futebol feminino, Cruzeiro e América protagonizam histórias diferentes e vão disputar título. Neste sábado, às 17h, no Sesc Venda Nova, as meninas cruzeirenses e americanas lutam pelo caneco do Campeonato Mineiro Feminino 2019 e prometem realizar uma grande final depois de ótimas campanhas na primeira fase e importantes classificações nas semifinais. Esta vai ser a primeira vez que Raposa e Coelho disputam a decisão do Estadual pelo futebol feminino, em um duelo que reúne também uma equipe tricampeã, contra um time que busca o seu primeiro troféu em sua história e na competição.

Depois de eliminar as meninas do Atlético e maiores campeãs do Mineiro com cinco títulos ao todo, nas semifinais, com uma vitória pelo placar de 2 a 0 e um empate por 1 a 1, a atual tricampeã América sonha com o quarto título seguido do Campeonato Mineiro Feminino e quer desbancar a equipe feminina do Cruzeiro, que foi fundada em fevereiro deste ano e já está na primeira divisão do Campeonato Brasileiro Feminino após classificação no Brasileirão Série A2, neste ano. A Raposa, por sua parte, foi dona da melhor campanha do torneio até então, após liderança isolada na primeira fase e vitórias brilhantes em todas as partidas disputadas. Nas semifinais, o Cruzeiro atropelou o Ipatinga depois de vencer no Vale do Aço, por 2 a 0 e golear em Belo Horizonte, pelo placar de 8 a 0.

Dona do melhor ataque, com 44 gols marcados em 8 jogos disputados e também detentora da artilheira da competição, Micaelly, autora de 9 tentos feitos, o Cruzeiro aposta em seu forte poderio ofensivo para lograr o seu primeiro título na história do futebol feminino. Por outro lado e afeita a disputar finais do Campeonato Mineiro Feminino, o América vai competir a sua quinta final do torneio estadual e sua maior esperança para superar a melhor defesa da competição que ainda não sofreu nem sequer um gol, é a jogadora Lorena, principal artilheira do Coelho com 7 gols anotados. Na primeira fase, Cruzeiro e América mediram forças pela sexta rodada do Campeonato Mineiro Feminino, e a Raposa levou a melhor, por 1 a 0, com gol anotado pela jogadora Micaelly, no mesmo palco da nova disputa deste sábado. Depois de uma grande campanha nas redes sociais para que esta decisão fosse no Mineirão, a partida, entretanto, vai ocorrer novamente em Venda Nova.