Em menos de 24 horas após título da Libertadores, Flamengo é campeão Brasileiro e sonha com Mundial

Rubro-negro carioca é beneficiado com derrota do Palmeiras e chega ao seu sétimo título do Brasileirão; Fla pode terminar 2019 com quatro taças caso vença o Mundial

Flamengo superou o River Plate de virada em decisão no Peru.
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Marco Túlio Souto

O atual time do Flamengo entrou para a história do futebol e pode engrandecê-la caso conquiste outra taça cobiçada no mês que vem. Depois de vencer o heroico título da Libertadores de 2019, no último sábado, pelo placar de 2 a 1, contra o River Plate, na cidade de Lima, no Peru, o rubro-negro carioca sagrou-se também campeão do Campeonato Brasileiro em menos de 24 horas após conquistar a América. Em meio a uma bela festa nas ruas do Rio de Janeiro neste domingo com milhares de torcedores, o Flamengo recebia a informação do hepta do Brasileirão devido à derrota do Palmeiras para o Grêmio, por 2 a 1, em São Paulo – resultado que automaticamente garantiria dez anos depois mais um título Brasileiro ao Flamengo. O fato histórico repete o feito do Santos de Pelé, em 1963, quando também conquistou Libertadores e Taça Brasil, antigo Campeonato Brasileiro, na mesma temporada.

Com 81 pontos conquistados e restando ainda quatro partidas para o fim do Brasileiro, o Flamengo protagoniza uma das melhores campanhas da história do Brasileirão – até então com 25 vitórias, 6 empates e apenas 3 derrotas – além de possuir o melhor ataque da competição com 73 gols marcados e o artilheiro, Gabigol, autor de 22 tentos e vivendo uma fase espetacular. Isto posto, os dois máximos canecos conquistados pelo Flamengo neste ano amostram também a temporada esplêndida do clube em todos os aspectos, e o time faz jus com uma invencibilidade de 26 partidas sem derrota na atual temporada, com 21 triunfos e 5 empates. O último revés do Flamengo em 2019 aconteceu no dia 4 de agosto, em Salvador, para o Bahia, por 3 a 0, pelo Brasileiro e até o momento a equipe rubro-negra não sabe o que significa perder.

Apesar de a 34ª rodada do Campeonato Brasileiro terminar apenas nesta segunda-feira com o duelo entre CSA-AL e Fluminense, às 20h, em Maceió, o Flamengo nem sequer precisou entrar em campo pelo Brasileirão neste fim de semana por ter antecipado o clássico diante do Vasco, marcado para esta rodada, na semana passada, justamente em virtude da final da Libertadores. A comemoração do Flamengo não deve terminar tão cedo e vai prosseguir de forma bastante festiva pelo menos até esta quarta-feira, quando o time vai reencontrar a torcida em uma partida no Maracanã, agendada contra o Ceará, às 21h30, pelo Brasileiro. Pensando e sonhando agora também com o Mundial de Clubes, em dezembro, no Catar e com a possibilidade de enfrentar o atual campeão europeu, Liverpool, da Inglaterra, o Flamengo enxerga outra equipe na vice-liderança do Campeonato Brasileiro depois da derrota do principal concorrente direto antes ao título.

Também no último sábado, o Santos goleou o Cruzeiro, pelo placar de 4 a 1, na Vila Belmiro, e é o novo segundo colocado da tabela neste momento do Brasileirão com 68 pontos, mesmo número conquistado pelo Palmeiras, mas à frente pelo número maior de vitórias em todo o certame – 20 a 19. Além disso, outros jogos movimentaram este domingo de futebol no Brasil com outras partidas pelo Campeonato Brasileiro enquanto o Flamengo celebrava com a sua multidão de torcedores os seus dois títulos no Rio de Janeiro e terceiro no ano – já que também ergueu o caneco do Campeonato Carioca. Em Belo Horizonte, o Athletico Paranaense superou o Atlético Mineiro, por 1 a 0. Já no Serra Dourada, em Goiânia e fechando as partidas das 16h, o Goiás ganhou do Bahia, pelo placar de 4 a 3, em um belo jogo.