Palmeiras encara Vasco com a obrigação de triunfo; Santos visita Avaí e Corinthians tenta recuperação

Seis partidas abrem a 31ª rodada do Brasileirão com duelos importantes que envolvem às partes de cima e de baixo da tabela

Willian vai ser um dos membros de ataque do Palmeiras contra o Vasco da Gama.
Foto: SE Palmeiras

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Marco Túlio Souto

Além de Atlético e Goiás e Athletico Paranaense e Cruzeiro, mais quatro partidas movimentam à noite desta quarta-feira pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dois desses quatro jogos tem influencia em equipes da parte superior da classificação. Vice-líder e ainda sonhando com o bicampeonato brasileiro, o Palmeiras, comandado pelo técnico Mano Menezes, tem duelo marcado para o Rio de Janeiro, às 21h30, diante do Vasco, em São Januário. Com 63 pontos conquistados até então, o Palmeiras necessita da vitória de qualquer maneira para não perder de vista o líder Flamengo, que contabiliza 71 pontos e joga nesta quinta-feira, contra o Botafogo. Sem perder no Brasileirão há seis partidas no Brasileirão, o Palmeiras tenta manter sequência positiva e, mesmo precisando do triunfo logo mais, vai poupar pelo menos seis jogadores pensando no clássico de sábado diante do Corinthians, no Allianz Parque.

Não vão estar em campo perante o time cruzmaltino o goleiro Weverton; os laterais Marcos Rocha e Diogo Barbosa; e os meias Bruno Henrique e Gustavo Scarpa, os quais nem sequer viajaram. Além deles, Felipe Melo é outro que pode também ser poupado por Mano. Para essas ausências, Fernando Prass assume o posto de goleiro titular, Mayke entra na lateral direita e Victor Luís vai estar no flanco esquerdo. No meio de campo, Thiago Santos e Matheus Fernandes devem figurar entre os volantes, e Lucas Lima será o responsável pela armação das jogadas do Palmeiras no RJ. No ataque, Dudu, Willian e Deyverson formam o trio ofensivo palmeirense.

Por outro lado, o Vasco da Gama, de Vanderlei Luxemburgo, também tem desfalques importantes no reencontro contra um dos seus ex-clubes no Brasil. Suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos, Richard e Bruno Gomes não jogam, além de Henrique, machucado. Com isso, o treinador do time da colina deve optar por Bruno César, Danilo Barcelos e Fellipe Bastos para suprir essas ausências. Há três partidas seguidas sem vencer, com empates contra Fluminense e Ceará, e revés para o Grêmio, o Vasco também precisa ganhar e busca ampliar vantagem maior sobre a zona de rebaixamento na tentativa de pelo menos alcançar uma vaga na próxima edição da Sul-Americana.

Nas outras partidas do dia, o terceiro colocado Santos e cada vez mais próximo de confirmar seu lugar para a edição da Libertadores em 2020, não perde há três jogos consecutivos e vai visitar o pior time do Campeonato Brasileiro. Meia-hora antes de Vasco e Palmeiras, o time do técnico Jorge Sampaoli duela às 21h, diante do praticamente rebaixado Avaí, em Florianópolis. A abertura da 31ª rodada do Brasileirão, contudo, será em Itaquera. Às 19h30, o Corinthians e sem o técnico Fábio Carille, demitido no último domingo após vexame no Maracanã para o Flamengo, recebe o Fortaleza e na tentativa de retomar o caminho das vitórias – algo que não acontece há mais de um mês. Já às 21h30, Bahia e Chapecoense medem forças na Fonte Nova, em Salvador.