Flamengo não sai derrotado há quase três meses e sonho por Tríplice Coroa aumenta

Time rubro-negro vem sobrando na atual temporada e números são positivos em todos os aspectos

Quarteto segue brilhando em 2019. Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Do Portal Futebol Diário, em Belo Horizonte

Marco Túlio Souto

Apenas um time no futebol brasileiro em 2019 tem chances de conquistar a desejada Tríplice Coroa. Campeão Carioca, líder isolado do Campeonato Brasileiro e finalista da Libertadores da América, o Flamengo encaminha um ano perfeito em sua história para os seus torcedores até o momento. Futebol brilhante e objetivo; recordes e mais recordes de público no Maracanã a cada jogo que passa; invencibilidade há quase três meses na temporada; e campanha espetacular no Brasileirão, sendo a melhor até então em sua história na era pontos corridos, com o melhor ataque (58 gols), maiores artilheiros e novo número significante de pontos após mais uma vitória. Depois de aplicar uma sonora goleada e aula de futebol sobre o Grêmio, por 5 a 0, na semifinal da Libertadores, o time rubro-negro evidencia, além de uma soberania financeira, uma superioridade aos demais clubes neste ano no Brasil dentro das quatro linhas.

O triunfo do Flamengo, mesmo que apertado, sobre o CSA-AL, por 1 a 0, no fechamento da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, deixa a equipe do técnico português Jorge Jesus – um dos principais responsáveis pela trajetória do Fla até então em 2019 – com 67 pontos e a dez à frente do vice-líder da competição e milionário Palmeiras. Em 2009, ano da última conquista do Flamengo do Campeonato Brasileiro, com Adriano ‘Imperador’ e companhia, o time rubro-negro fez, naquela ocasião, os mesmos 67 pontos do atual Flamengo no Brasileirão 2019 e sagrou-se pentacampeão do Campeonato Brasileiro há dez anos. Restando ainda dez rodadas para o término da atual edição do Brasileirão, o Fla pode terminar o certame com o dobro de pontos conquistados em relação ao último título do Campeonato Brasileiro em sua história e alcançar ainda as máximas pontuações dos pontos corridos da competição – que pertence ao Cruzeiro, o qual somou 100 pontos em 2003, seguido de Corinthians, em 2015, que conquistou 81 pontos, além de Cruzeiro (2014) e Palmeiras (2016 e 2018), feitos 80 pontos.

Além desta marca, o Flamengo ostenta neste instante na atual temporada uma invencibilidade de 19 partidas consecutivas sem sair derrotado de campo reunindo todos os torneios. A última vez que o Fla perdeu em 2019 foi no dia 4 de agosto, diante do Bahia, pelo placar de 3 a 0, em Salvador, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois disso, o time de Jorge Jesus vem dando show a cada partida com exibições de gala, sobretudo, do quarteto ofensivo formado por Éverton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol. Desde o revés na Fonte Nova, o Flamengo venceu 16 jogos e empatou somente três, com nove triunfos no Maracanã, seis vitórias longe do Rio de Janeiro, além de dois empates fora de casa e apenas um empate diante do seu torcedor.

Faltando onze partidas para o término da temporada com a decisão da Libertadores contra o River Plate, marcada para o dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile, o Flamengo pode superar, por exemplo, a invencibilidade obtida pelo time do Internacional, entre 1978 a 1979, o qual foi campeão brasileiro e acumulou 23 jogos seguidos sem derrota. Além disso, caso vá mais adiante, o rubro-negro carioca de 2019 tem chances também de superar outra longa invencibilidade histórica do futebol brasileiro que pertence ao Palmeiras, entre 1972 a 1973, quando foi bicampeão brasileiro e ficou 26 partidas sem deixar o campo derrotado. O maior recorde de invencibilidade da história do futebol brasileiro pertence ao Botafogo, que ficou 42 jogos invicto, entre 1977 a 1978. Já como mandante no Maracanã, o Flamengo não perde no tempo regulamentar desde o dia 3 de abril, quando foi superado pelo Peñarol, por 1 a 0, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores.

Desejo interminável

Em relação à Tríplice Coroa, façanha que o Flamengo já conquistou em sua história, a última vez que um clube do Brasil conseguiu esse feito em um mesmo ano e tendo conquistado pelo menos um título nacional foi em 2003. Na ocasião, o Cruzeiro venceu o Campeonato Mineiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro com Alex vestindo a camisa 10 e Vanderlei Luxemburgo na área técnica. Em 2006, o Internacional conquistou a Libertadores da América e o Mundial de Clubes no mesmo ano e, na temporada seguinte, venceu a Recopa Sul-Americana para ficar também com a Tríplice Coroa com títulos majoritariamente continentais. Na última e única vez que o Flamengo teve o sabor de ficar com a Tríplice Coroa foi em 1981, quando o rubro-negro orquestrado por Zico, Júnior e companhia venceu o Campeonato Carioca, a Libertadores e o Mundial de Clubes, algo que pode se repetir 38 anos depois.

Os números do atual Flamengo já deixam os seus torcedores de sorriso de orelha a orelha. Neste ano e até o momento, o rubro-negro carioca soma 39 vitórias, 15 empates e 7 derrotas em 61 partidas, além de 113 gols marcados e 48 sofridos. Possui também o artilheiro do ano, Gabigol, autor de 35 tentos e máximo goleador do Campeonato Brasileiro com 19 gols e da Libertadores com 7 feitos. Vice-campeão do Brasileirão no ano passado, o Flamengo tem agora 97,6% de chances de voltar a levantar o troféu do Campeonato Brasileiro, segundo levantamento do Departamento de Matemática da UFMG. O time rubro-negro enfrenta em diante pela competição Goiás (F), Corinthians (C), Botafogo (F), Bahia (C), Grêmio (F), Vasco (C), Ceará (C), Palmeiras (F), Avaí (C) e Santos (F).